Um breve relato sobre a codificação da carne na análise de “Os Anormais” de Michel Foucault

Ana Paula de Almeida Muniz

O corpo racional e científico tal como concebido na atualidade nem sempre tem história. A ideia de sexualidade em Michel Foucault é problematizada e dividida em duas fases no que diz respeito ao seu projeto geral. No presente trabalho discorreremos sobre a noção de carne desenvolvida pela pastoral cristã a partir do curso estabelecido em 1974-1975 no Collège de France intitulado Os Anormais.

mecânica do poder eclesiástico; carne; corpo; sexualidade

Veja o artigo completo

Esta entrada foi publicada em Simpósio 2011. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>