Mímesis criativa: um conceito aristotélico aplicado ao design

Sérgio Luciano da Silva; Sérgio Antônio Silva

O design tem uma exigência de criatividade associada de tal maneira aos seus processos internos que esta característica explica em parte o crescente número de publicações envolvendo tal temática. Neste contexto, a busca pelo melhor entendimento do processo criativo não somente se justifica, como também pode ampliar nosso domínio sobre aspectos não mecanizados do design. O presente trabalho apoia-se na reflexão filosófica de Aristóteles e visa, em primeiro lugar, resgatar o seu conceito de mímesis, a partir do confronto de suas ideias com as de Platão, seu principal opositor nesse tema. Em segundo, o que consideramos a contribuição específica deste trabalho, busca defender a concepção de que tal conceito pode ser deslocado de seu tempo e discussão originais e aplicado criticamente na busca de uma melhor compreensão dos atuais conceitos de criação, criatividade e de cópia em design.

mímesis, criação, criatividade, cópia

Veja o artigo completo

Esta entrada foi publicada em Simpósio 2011. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>